Maio 21, 2018

"Coadjuvante nunca Protagonista sempre" Capiberibe rejeita a aliança com Randolfe e Davi Alcolumbre

By Março 23, 2018 No comment

Sem alianças partidárias, institucionais e sem a última palavra da esquerda tucuju João Alberto Capiberibe rejeita a proposta de apoiar Senador Davi Alcolumbre ao governo e de ser o segundo opção de voto, senado, de Randolfe.

Tendo a certeza que não se elege como senador (eleição ao senado são duas vagas e os números apontam que será eleito um candidato da esquerda e outra da direita), Capiberibe tem feito de tudo para garantir algum mandato.

Primeiro tentou influenciar e forçar Randolfe (Senador pop star nacional e um dos protagonistas da NEW esquerda brasileira) a vir para o governo, prometendo apoio, mas Randolfe está firme no apoio ao Senador Davi Alcolumbre.

Mostrou ao PT Nacional que é fiel ao Lula e a esquerda tradicional, mesmo tendo desgaste, para forçar uma aliança com o PT Amapá que por sua vez está alinhado e agasalhado no governo Waldez.

Por fim tentou aliança com o grupo do MP-AP, convidando Ivana Cei para vir ao governo (querendo fazer da promotora seu palanque, assim como Camilo foi em 2014 mas venceu a eleição por conta da Operação Mão Limpas) Ivana rejeitou, ofereceu o convite de ser a segunda opção de Randolfe e que o Senador Capi se alinhasse com o grupo os três tenores (Davi, Randolfe e Clécio).

Sem sucesso, descredibilizado dentro da nova esquerda (por não cumprir acordos políticos) e cimentando pela soberba Capiberibe vem ao sacrifício como candidato ao governo, para tentar garantir os mandatos de sua esposa a Deputada Janete Capiberibe e de seu filho Camilo como deputado estadual.

Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.